VII Fórum

HOME » Fóruns » VII Fórum
VII Fórum 2017-11-11T15:35:57+00:00

VII Fórum

 

O VII Fórum foi realizado no teatro do Unibes Cultural, em São Paulo, de 18 e 20 de outubro de 2017, com o tema “Lei de Contrato de Seguro: solidariedade ou exclusão? ”.

Foram, ao todo, dez painéis e 27 conferencistas, dentre os quais magistrados, advogados, professores, engenheiros e sociólogos, brasileiros e estrangeiros, que abordaram temas relativos à regulamentação do contrato de seguro em diversos países, tendo em vista a iminência da aprovação do primeiro Projeto de Lei de Contrato de Seguro da história brasileira, o PLC 29/2017, recentemente aprovado na Câmara dos Deputados e que se encontra em discussão no Senado Federal.

O evento homenageou o Professor Rubén Saúl Stiglitz, Profesor Emérito da Faculdade de Direito de Buenos Aires. Lito, como é chamado pelos amigos, é um dos principais juristas dedicados ao contrato de seguro e desde o I Fórum, em 2000, veio prestando relevantes contribuições para o desenvolvimento do debate nessa matéria e para os textos que resultaram no PLC 29/2017.

Nesse ano o Fórum contou com extensa programação cultural. Foram cinco shows magníficos, o lançamento de três álbuns ao final de cada dia de palestras e a exposição “Arquitetura/Detalhes” do fotógrafo Cristiano Mascaro, que cedeu duas de suas fotografias para compor a identidade visual do congresso.

Com a intenção de reverenciar a ousadia e o talento dos arquitetos ao criarem suas obras, o fotógrafo Cristiano Mascaro selecionou 15 imagens de detalhes de arquitetura que compuseram a exposição Arquitetura/Detalhes e revelam sua importância como expressão do conhecimento humano.

No primeiro dia, a abertura do Fórum fica por conta de Hércules Gomes, que interpreta os hinos dos países dos palestrantes e mediadores e os mescla com músicas ícone de cada país.

Neste mesmo dia, tivemos show e lançamento do álbum Ulisses Rocha – O Quinteto. Alma da nossa ação musical, Ulisses reuniu Ivan Vilela, Raïff Dantas, Walmir Gil e seu filho Vitor Loureiro nesse álbum. O grupo resgata a beleza simples da música popular brasileira e estrangeira apresentada em versões instrumentais sofisticadas e expressivas sem perder a delicadeza poética exigida pelo repertório.

O segundo dia se encerrou com show e lançamento do álbum Nelson Ayres Big Band. Gravado ao vivo no “Tupi or not Tupi”, o álbum reuniu o que a banda sabe fazer de melhor, nas palavras de Nelson Ayres: “música despretensiosa, divertida, feita com prazer e dedicação por gente que leva música muito a sério”.

O último dia no Unibes Cultural se encerrou com show e lançamento do álbum Toninho Ferragutti e Salomão Soares. Toninho é grande parte da nossa produção cultural. Nesta nona deliciosa experiência, o genial compositor, arranjador e instrumentista encontrou Salomão Soares, um dos maiores pianistas brasileiros.

Após o encerramento das jornadas, o Projeto Coisa Fina fez uma apresentação de confraternização. O coletivo promove uma experiência musical onde o jazz se funde ao baião, ao maracatu e ao samba provocando uma experiência única que revitaliza elementos da música brasileira.